Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar la experiencia de navegación, y ofrecer contenidos y publicidad de interés. Al continuar con la navegación entendemos que se acepta nuestra: Política de cookies Aceitar

NOTÍCIAS

A aplicação de Trichoderma em sementes de milho protege contra o stress hídrico

20/07/2020

Os nossos colegas do departamento de Seed Technology em colaboração com a Universidade de Barcelona demonstram os benefícios de um tratamento de sementes biológico à base de Trichoderma em milho em stress hídrico.

Virginia Estévez e Juan Jesús Narváez, colegas do departamento de Seed Technology, em colaboração com a equipa de investigação da professora Doutora Maria Isabel Trillas (Universidade de Barcelona) e no âmbito do programa “Doctorats Industrials” da Generalitat de Cataluña, publicaram um artigo na revista internacional PLANTA. Esta revista é das mais prestigiosas do mundo na sua área, ocupando o primeiro quartil ao nível do impacto científico em biologia vegetal.

Neste artigo demonstram-se os efeitos benéficos da aplicação do fungo Trichoderma asperellum estirpe T34 em milho em condições de stress hídrico severo. Além disso, o estudo testou um tratamento convencional de sementes à base de fungicida químico e a combinação dos dois na semente.

No final do teste, as plantas que contaram com a presença da estirpe T34 nas raízes obtiveram peso seco e número de grãos na maçaroca significativamente maior. Além disso, o conteúdo final de carbono e fósforo nos grãos aumentou. Em stress hídrico e medindo as trocas gasosas na superfície foliar, observou-se que as plantas com T34 melhoram o conteúdo relativo e a eficiência da água, assim como a fotossíntese.

Assim, os resultados desta investigação demonstram que:

  • Um tratamento de sementes com um fitossanitário biológico (T34) pode melhorar a fisiologia da planta tanto em condições de irrigação normal como em stress hídrico (seca) severo em milho (Zea mays).

  • O tratamento de sementes combinado (fitossanitário biológico e químico: fungicida) é possível na mesma semente (e continua a ser viável dois anos depois de tratar segundo resultados publicados no congresso internacional MICROPE realizado em Viena, Áustria em 2018).

  • Compartilhar:

Últimas notícias

03/08/2020

Semillas Fitó lança o seu website para Portugal

15/04/2020

Salvador Peramo: entre os 20 breeders mais inovadores de 2019

13/03/2020

Comunicado COVID-19: Na Semillas Fitó garantimos o nosso serviço

04/03/2020

La Red GENVCE cuenta con Semillas Fitó como referente en tratamientos de semillas

CONTACTE-NOS

Consulte a nossa rede comercial em todo o mundo

Escritório Central

Selva de Mar 111 08019 Barcelona España
Tel.: 93 303 63 60 · Fax: 93 303 63 73

info@semillasfito.com