Utilizamos cookies propias y de terceros para mejorar la experiencia de navegación, y ofrecer contenidos y publicidad de interés. Al continuar con la navegación entendemos que se acepta nuestra: Política de cookies Aceitar

CONSELHOS AGRONÔMICOS

Grandes culturas

ARANHA VERMELHA

Combater uma das pragas mais graves em todo o mundo

Tetranychus urticae

A aranha vermelha afeta a grande maioria das culturas com relevância económica, tais como as culturas hortícolas, vinha, árvores de fruto e, obviamente, milho. Alimenta-se das plantas, absorvendo o líquido das células e causando manchas cloróticas na face superior da folha. O seu tamanho oscila entre 0,4 e 0,6 mm, pelo que, à vista desarmada (se o observador tiver boa visão), pode observar-se como um pequeno ponto pardo que se move de um lado para o outro sobre a folha.

Apresenta a sua maior atividade no verão e nas estações especialmente quentes e secas.

O intervalo de temperatura ideal para o seu desenvolvimento é de 23 a 30ºC.

Em condições ideais, pode reproduzir-se muito rapidamente, completando o seu ciclo entre 9 e 14 dias.

Uma vez estabelecida na cultura, pode desenvolver várias gerações sem nenhum problema.

Sintomas e problemáticas:

Estes ácaros danificam as plantas para se alimentarem. Insere os seus estiletes no tecido da folha, sugando o conteúdo das células epidérmicas.

As células colapsam e morrem ao ser esvaziadas, formando-se umas manchas cloróticas nas folhas, diminuindo a atividade da planta a nível fotossintético e de taxa de transpiração.

Se a infeção coincidir com altas temperaturas e/ou stress hídrico pode causar desfoliação e o número de flores produzidas pode reduzir-se consideravelmente.

A falta de atividade da planta traduz-se na perda de rendimento do cultivo, causada por uma morte prematura da planta e, como tal, uma perda de peso específica do grão.

Descoloração na face inferior das folhas e teia de aranha.

Como combatê-la?

A planta deverá ser tratada com meios químicos quando se detete a aranha por cima da maçaroca. Recomenda-se a realização de verificações periódicas para se poder detetar o problema o mais cedo possível.

 

Como evitar o seu aparecimento?

  • Eliminar restos de culturas anteriores e ervas daninhas.

  • Manter as extremidades das parcelas o mais limpas possível.

  • A rotação de culturas ajuda a controlar a proliferação da praga.

 

Como tratá-la após a sua deteção?

  • Recomenda-se tratar quando se deteta a praga,

  • É conveniente utilizar uma combinação de acaricida, ovicida e agente humectante para que o tratamento seja mais eficaz.

  • Pode adiantar-se o tratamento de forma preventiva antes da floração do milho.

 

CONTACTE-NOS

Consulte a nossa rede comercial em todo o mundo

Escritório Central

Selva de Mar 111 08019 Barcelona España
Tel.: 93 303 63 60 · Fax: 93 303 63 73

info@semillasfito.com